...
Sinto tantas vezes que não marcho ao mesmo ritmo
E não marcho na mesma direção que o resto das tropas
Como um desalinhado...

João Miguel, O Pássaro do Sul

06/08/2009

Amar um Ser é Matar Todos os Outros


Amar um Ser é Matar Todos os Outros

Não há uma coisa que se faça por um ser
(que se faça verdadeiramente) que não negue um outro.
E quando não nos podemos resignar a negar os seres,
há uma lei que nos estiriliza para sempre.
De certo modo, amar um ser é matar todos os outros.

Albert Camus

1 comentário:

Kanauã Kaluanã disse...

Meu anjo, o que te vou deixar não é uma interpretação do teu post... É apenas uma divagação que ele me sussurrou... Até porque este SER que lá está pode não ser Sujeito/Substantivo, mas um Verbo.

Amar um Ser
É naScER para ele.
E não se nasce
duas vezes
numa mesma vida.
Isto implica que
só se nasce
para uma só pessoa.
Quando percebi
que nasci para ti,
tudo o que não era vida
morreu ao meu redor.

TUA.

Katyuscia.