...
Sinto tantas vezes que não marcho ao mesmo ritmo
E não marcho na mesma direção que o resto das tropas
Como um desalinhado...

João Miguel, O Pássaro do Sul

02/07/2011

Sobre Estética e Mensagem

Sinto, não sendo de modo algum poeta, que a poesia é preponderantemente estética, seja no arquitetar das palavras, seja na sonoridade, musicalidade, seja pelas imagens criadas.
Mas todos sabemos da poesia carregada de mensagem, de substrato, de denuncia, de revelação e explosão seja de realidades, seja de bombas metafisicas...

Pergunto-me se quem defende a poesia pela estética pura, pela beleza pura das sonoridades, não
faz simplesmente a confissão duma incapacidade de ir mais além, retrato da sociedade que hoje vivemos do culto exterior, dos belos, muitas vezes sem interior?

João Miguel, O Pássaro do Sul

2 comentários:

« Katyuscia Carvalho » disse...

"Há duas espécies de escritores. Os que são e os que não são. Nos primeiros, forma e conteúdo se completam como corpo e alma; Nos outros, forma e conteúdo se combinam como corpo e roupa."

[Karl Kraus]

Com imensa admiração por cada palavra tua aqui, proferida pelo impulso à reflexão a que sempre nos abismas.

Um beijo, amor meu.

« Katyuscia Carvalho » disse...

"Não há cores nem sons em si, desprovidos de significação: tocados pela mão do homem, mudam de natureza e penetram no mundo das obras. E todas as obras desembocam na significação; aquilo que o homem toca se tinge de intencionalidade: é um ir em direção a... O mundo do homem é o mundo do sentido. Tolera a ambigüidade, a contradição, a loucura ou a confusão, não a carência de sentido. O próprio silêncio está povoado de signos. Artes como sistemas expressivos dotados de poder significativo e comunicativo."

[Octavio Paz, in "O Arco e a Lira"]

Assim que acredito na arte: intencional!

Amo-te!