...
Sinto tantas vezes que não marcho ao mesmo ritmo
E não marcho na mesma direção que o resto das tropas
Como um desalinhado...

João Miguel, O Pássaro do Sul

29/04/2012

A Morte da Morte

O Amor mata a Morte.
Soube a Amortalidade nos teus olhos.
Adagas que trespassam o Tempo.

João Miguel, O Pássaro do Sul

1 comentário:

BRANCAMAR disse...

Tão lindo!
O amor perdura sempre para além da morte, é um mistério que nos ultrapassa e tu já o sentiste nos olhos da tua "menina".

Beijos para os dois.
Branca