...
Sinto tantas vezes que não marcho ao mesmo ritmo
E não marcho na mesma direção que o resto das tropas
Como um desalinhado...

João Miguel, O Pássaro do Sul

07/09/2009

Aguas


Tocar-te
mergulho amniotico
no ventre prenhe da vida
que será

Beijar-te
voo intra-uterino
no atantico querer
que é

Ter-te
explosão fecunda
do fluxo confluente das aguas
que somos

João Miguel, O Pássaro do Sul

3 comentários:

Kanauã Kaluanã disse...

Hoje, eu, em mergulho por dentro de ti, trago-te à tona estas palavras tuas, um dia, a mim:

Onde começa a sede
Sopro de brisa que inflama
Pressentimento de trovoada
Inundação de vida

Tendo no peito o maior dos rios
E a boca gretada de tanta sede
Desaguando nos olhos os mares
E tapando-me do frio com uma rede

Morto de sede vendo o mar...

Sentiam as almas entrelaçadas por cima das suas cabeças
Dançando nos ares
Misturando-se, envolvendo-se, sentindo a uma só voz
E correndo atrás do vento

Liam os sinais, sentiam o que punha a descoberto
E com pés nus
Correndo pela pedra fria que aos poucos aquecia com o calor do sol
Perdiam tudo que os escondia ao outro
Eram agora transparentes
E corriam
Corriam e dançavam
Sentindo mais perto o cheiro das águas que os juntam
Embalados, pelo balançar das ondas que cantam as humidades mais íntimas
Tocando enfim com os pés
Ao mesmo tempo
A eterna sensação de nascer
E realmente...
Viver.

[João Miguel, o Pássaro do Sul.]

Amo-te em nossas marés, maremotos, enchentes, enxurradas e calmarias...
Por tudo isso somos renascidos tão completos um do outro.

Tua.

ErikaH Azzevedo disse...

Esta noite tive um sonho;
conheci um homem que tinha o mar no lugar do coração,
e quando sentia o seu corpo contra o meu,
ouvia lá fora a fúria do ____mar

Al Berto

Da katy pra ti pássaro querido...pássaro de guelras e asas... único..insubstituível.

Uma ousadia minha a falar pela Katy, eu sei! rsrsrs

Beijos meu querido!

Erika

Kanauã Kaluanã disse...

[poema-espelho de um poema do Everton:

"Que tipo de nome
Se dá a essa coisa
Urgente
Sob a carne
Como quem arranha a porta
Como alguém
Que simplesmente não pode
Um bicho que corre
Em todas as direções"

É-me urgente sermo-NOS!